O que há de novo no Excel 2019 / Excel 365 e qual é a diferença entre eles?

A cada nova versão do Excel, novos recursos são introduzidos e mudanças sutis na aparência ocorrem. Agora com o lançamento da versão Excel 2019, o que temos de novo? E qual é a diferença entre o Excel 2019 e o Excel 365?

A maior mudança ocorreu na atualização do Excel 2003 para 2007. A introdução da “Faixa de Opções” e a alteração dos tipos de arquivo (de XLS para XLSX) causaram diversas dificuldades para todos os tipos de usuários do Excel.

MS Excel 2003 – Fonte: Google

 

MS Excel 2007 – Fonte: Google

 

Desde os iniciantes até os avançados tiveram dúvidas e reclamaram. Desde então, as mudanças foram um pouco menos traumáticas para os usuários e, nos últimos anos, a Microsoft tem destinado boa parte dos seus esforços para um modelo baseado em assinatura mensal ou anual, fazendo pequenas as mudanças, ao invés de todas de uma só vez.

Qual é a diferença entre o Excel 2019 e o Excel 365?

Não há muita diferença entre eles em termos de funcionalidade. É apenas um arranjo de licenciamento diferente. O Excel 2019 é a versão autônoma, comprada, independente do Excel sem atualizações e conhecida como “perpétua”. Já o Excel 365 é a versão com base em assinatura do software que está sempre atualizada.

Excel 2019 – Fonte: Google

 

Qual é a diferença entre uma licença perpétua e uma licença baseada em assinatura?

Historicamente, a Microsoft sempre vendeu uma licença “perpétua” que é comprada de forma definitiva e pertence para sempre ao comprador. Com esse tipo de licença, o usuário não recebe nenhuma atualização do software até que a próxima versão seja liberada e instalada. Grandes organizações com muitos usuários e pessoas físicas que adquiriram licenças perpétuas geralmente esperam vários anos antes da atualização devido ao custo e geralmente possuem versões antigas do Excel instaladas em seus micros. Isso significa que em um só local diversas versões são utilizadas ao mesmo tempo por pessoas diferentes. Nos meus cursos sempre peço que verifiquem a versão do Excel antes de efetuarem as inscrições, pois não aceitamos versões anteriores ao 2013. Porém diversos clientes possuem versões anteriores ao 2010, por exemplo e não podem fazer o curso.

Digite seu e-mail abaixo, clique em Enviar e seja informado de todas as novidades!

Qualquer consultor que construa planilhas em Excel, como o nosso parceiro da XPlan – Soluções em Excel, Silas Galvino, precisa verificar as versões que o cliente está utilizando, pois alguns recursos não funcionam em versões antigas.

Usuários com licenças perpétuas compreensivelmente tornam-se impacientes porque não possuem acessos a novos recursos que viram ou ouviram falar. Ou porque não podem visualizar ou porque não podem usar os novos recursos que as versões posteriores incluíram em um modelo. Quando finalmente acontece, as atualizações tão esperadas por alguns, podem causar confusão e frustração para os outros, seja porque não gostam da nova aparência repentina ou porque não conseguem encontrar o que estão procurando.

Com o Office 365 baseado em assinatura, as atualizações são lançadas regularmente e as alterações são graduais, o que facilita para os usuários acostumarem-se às diferenças. As empresas no modelo de assinatura podem escolher seu “canal de atualização”, que determinará com que frequência as atualizações são feitas. Podem ser mensalmente ou semestralmente. Em teoria, todas as versões devem ser as mesmas, mas essas diferenças na frequência das atualizações significa que nem todos os usuários recebem as atualizações ao mesmo tempo.

Embora seja possível adquirir uma licença do Excel 2019, a Microsoft está incentivando fortemente os usuários e organizações a optarem pela assinatura, presumivelmente porque eles preferem a receita recorrente e o fluxo de caixa estável que ela gera. À medida que mais organizações se voltam para esse modelo, o problema de compatibilidade dos usuários em versões diferentes se tornará um problema menor e facilitará muito minha vida como instrutor e consultor! =)

Para selar o acordo, a Microsoft anunciou em 2017 que os clientes que utilizam o Office 2016 com licença perpétua, não poderão se conectar aos serviços baseados em nuvem da Microsoft após 2020 e acredito que em 2019 anunciem limitações similares. Parece provável que o Office 2019 seja a última versão que a Microsoft oferece como licença perpétua.

Então, o que há de novo no Excel 2019 / Excel 365?

Os seguintes recursos estão sendo introduzidos no Excel 2019 ou para aqueles com uma assinatura do Office 365:

Inteligência artificial e aprendizado de máquina – Um grande avanço no Excel é a utilização de Inteligência Artificial que possibilitará que pequenas empresas e usuários utilizem essa funcionalidade que está em alta hoje. Isso acontecerá com a utilização do Ideas. Segundo a própria Microsoft:

“O Ideias é um serviço de informações com tecnologia de IA que ajuda as pessoas a aproveitar ao máximo o poder do Office. Apresentando sugestões personalizadas de forma proativa para a tarefa atual, o Ideias ajuda os usuários a criarem documentos, apresentações e planilhas profissionais em menos tempo. No Excel, por exemplo, o Ideias ajuda a identificar tendências, padrões e exceções em um conjunto de dados, o que possibilita aos clientes analisar e entender seus dados em segundos.”

Fonte: Microsoft

 

Inserir dados de imagem – você pode tirar uma foto de uma tabela de dados impressa ou desenhada à mão com seu dispositivo Android e converter essas informações analógicas em uma planilha do Excel. A nova funcionalidade de reconhecimento de imagem converte automaticamente a imagem em uma tabela totalmente editável no Excel, acabando com a necessidade de inserir dados manualmente.

Fonte: Microsoft

Visualizações – Visuais personalizados que anteriormente estavam disponíveis apenas no Power BI agora estarão nesta nova versão.

Suporte a gráficos SVG completo –  Além de ter 500 ícones incorporados. Com essas compatibilidades os dashboards e infográficos podem ser mais explorados.

JavaScript – Você pode criar suas próprias funções personalizadas usando JavaScript. Sempre foi possível criar funções definidas pelo usuário usando o VBA, mas o JavaScript permite uma maior interconexão.

Matrizes dinâmicas – Novas técnicas de cálculos com matrizes dinâmicas e novas funções como SES – Segundo a Microsoft:

“Com as matrizes dinâmicas, continuamos a investir para facilitar o uso de fórmulas avançadas. Usando tabelas dinâmicas, qualquer fórmula que retorne uma matriz de valores será facilmente “propagada” para as células vazias vizinhas, tornando tão fácil obter uma matriz de valores retornados quanto trabalhar em uma única célula. Você pode aproveitar imediatamente o poder das matrizes dinâmicas usando as novas funções FILTRAR, ÚNICO, CLASSIFICAR, CLASSIFICARPOR, SEQUÊNCIA, SIMPLES e MATRIZALEATÓRIA para criar planilhas que antes eram praticamente impossíveis. Portanto, agora, ao invés de escrever muitas fórmulas complexas para resolver um problema em várias células, você pode escrever uma fórmula simples e obter uma matriz de valores retornados.”

Fonte: Microsoft

Compartilhamento – Vários usuários podem editar ao mesmo tempo com a coautoria, se um arquivo estiver armazenado no SharePoint ou no OneDrive.

Comportamento padrão – Se você alterar regularmente suas preferências para tabelas dinâmicas, poderá agora atribuir um comportamento padrão para Tabelas Dinâmicas.

Desempenho de funções – Desempenho aprimorado deixando a Formatação Condicional mais rápida (pois como sabemos ela deixa os cálculos pesados e lentos) e melhorias no PROCV, PROCH e CORRESP que farão você repensar a utilização do ÍNDICE+CORRESP. Também foi melhorado o desempenho em muitas operações importantes como copiar/colar, desfazer, edição de célula, seleção de células, filtragem, abertura de arquivos e programação.

Novos tipos de dados – Segundo a Microsoft:

“O Excel é capaz de reconhecer conceitos do mundo real, começando com Ações e Geografia. Esse novo recurso com tecnologia de IA transforma um texto simples e fixo em uma entidade interativa composta por camadas de informações avançadas. Por exemplo, ao converter uma lista de países em uma pasta de trabalho para entidades de “Geografia”, os clientes podem cruzar dados de localização em uma análise de seus próprios dados. E essa nova capacidade, embora pareça simples, abre um novo mundo de possibilidades. À medida que adicionamos novos tipos de dados ao longo do tempo, linhas, colunas, células, mecanismos lógicos e ferramentas do Excel podem ser usados para organizar, analisar e racionalizar qualquer combinação sofisticada de números e entidades. “

Utilização

Note que você deve ter o Excel 2019 ou o Excel 365 para usar essas ferramentas listadas acima. Exceto o PROCV, claro. Se um arquivo (pasta) contendo qualquer um desses novos recursos for aberto em uma versão anterior do Excel, na maioria dos casos, você poderá visualizar o recurso, mas não fará alterações nele. Em relação às funções, elas simplesmente deixarão de funcionar se for aberta em uma versão não compatível do Excel, o que prejudicará a funcionalidade do arquivo. A menos que seja visualizado usando o Excel Online. Portanto, se você estiver criando projetos no Excel que outras pessoas com versões anteriores precisam usar, será necessário considerar os recursos da versão à medida que você cria.

Formação

Cada vez mais o mundo recebe novas funcionalidades e formas de trabalha com Excel. Ele é um dos softwares mais utilizados no mundo e saber Excel é mais exigido que saber falar inglês. Então, quanto mais rápido você iniciar um curso e aprender Excel, terá mais chances no mercado de trabalho que é extremamente competitivo.

Acesse no página de cursos clicando aqui e saiba de todos os nossos cursos. Se inscreva no nosso blog para ter acesso a nossa agenda.

Também vamos até a sua empresa e criamos um curso personalizado para atender o que o seu negócio precisa.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Posted in Curso, Dashboard, DesafioExcel365, Inteligência de Negócios, Relatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *